Informativo

Aluna DANILA defende Título na Suécia

Do Vale do Aço para o mundo!

A brasileira Danila Morais de Carvalho, estudante dos Programas de Pós-graduação em Ciência Florestal da UFV (área de concentração em Celulose e Papel) e de “Licentiate in Fibre and Polymer Science” do “Royal Institute of Technology” (KTH) da Suécia (programa de co-tutela) não cansa de trazer alegrias ao DEF e a UFV. No próximo dia 13/11/2015 ela vai defender a sua tese de Licentiate (um título Sueco MS e DS), sob orientação do Profº Mikael Lindstrom, num tópico de grande interesse para o país, pois se trata de um trabalho inédito!

No seu trabalho, ela desvenda as estruturas das hemiceluloses (xilanas) do bagaço e da palha da cana-de-açúcar, que são materiais de grande disponibilidade no Brasil. As hemiceluloses são os polímeros da biomassa, para os quais ainda não existe uma aplicação óbvia. Com o crescimento do etanol celulósico (etanol 2G) a partir da palha e do bagaço de cana, vislumbra-se uma sobra substancial de hemiceluloses que precisará encontrar um destino. O primeiro passo para se encontrar aplicações de valor para as hemiceluloses é conhecendo as suas estruturas em detalhes e com profundidade. Isso foi exatamente o que a Danila realizou na sua tese Licenciate. Para fins de comparação, foi também estudada a estrutura das hemiceluloses da madeira de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla; no caso do eucalipto, já existem estudos prévios sobre a estrutura de suas hemiceluloses.

Esta é a capa de seu trabalho em Estocolmo, na Suécia:
Danila Morais de Carvalho

Retornando ao Brasil em Dezembro, a Danila dará continuidade à sua tese de DS na UFV, sob orientação do Prof.º Jorge Luiz Colodette, que resultará mais três capítulos importantes, além daqueles realizados na Suécia, que são as produções de etanol 2G do eucalipto, do bagaço e palha da cana-de-açúcar, usando tecnologias de pré-tratamento hidrotérmico, ácido e alcalino. Sua tese de DS deverá estar pronta em fevereiro de 2016. A Danila já publicou um dos artigos da sua tese em revista internacional indexada e deverá publicar ainda outros quatro.

O belo trabalho dela na Internacionalização do DEF já começou no seu trabalho de Mestrado, quando desenvolveu parceria com a Universidade de Huelva na Espanha, onde trabalhou com processos de produção de celulose para papel, a partir do bagaço e da palha da cana-de-açúcar pela tecnologia organosolve, de baixo impacto ambiental.

Como se vê, a jovem do vale-do-aço saiu do interior de Minas para alçar grandes vôos em países desenvolvidos, com sucesso absoluto. Essa é mais uma história de sucesso de estudantes brasileiros que vão ao exterior e se destacam pelos seus esforços pessoais. Os estudantes brasileiros são muito queridos lá fora!

Na foto abaixo, pode se ver a Danila (3ª da Direita para a Esquerda), em companhia da nossa Presidente da República e de outros estudantes brasileiros, na recente visita da presidente a Estocolmo (Suécia) onde ela está realizando seus estudos.

Danila Morais de Carvalho

A Danila recebeu na última 6ª feira (13/11/2015), o título de “Licenciate Thesis in Fibre and Polymer Science“ pelo KTH ROYAL INSTITUTE OF TECHNOLOGY (School of Chemical Science and Engineering).

Logo abaixo, ela está recebendo os cumprimentos dos membros de sua Banca examinadora.

Defesa Danila Carvalho 13/11/2015

Para ver a Nota publicada pela Universidade KTH, click na imagem abaixo:

Alunos que defenderam em 2015 na KTH
Abaixo está a Matéria original publicada no idioma Sueco:
Matéria original Danila - KTH

BUSCA NO SITE

Endereço

UFV – Laboratório de Celulose e Papel
Viçosa – MG  |  36570-900
(31) 3899-2717
lcp@ufv.br

Equipe de Desenvolvimento Web/UFV - 2013 - Mantido com Wordpress